Diversidade circense envolve público durante as três noites do #SouManaus 2023

Diversidade circense envolve público durante as três noites do #SouManaus 2023

O maior festival de artes integradas da região Norte do Brasil reúne uma diversidade de artistas circenses. Além de palhaçaria, a programação também conta com malabarismo, faixa acrobática, tensão capilar, bambolê, perna de pau e esquetes.

As apresentações ocorrem durante os três dias de forma simultânea em três pontos do evento: praça de alimentação, palco do circo, localizado na praça Dom Pedro, e teatro da Instalação, todos de forma livre e gratuita.

Da tarde até a noite, as famílias que comparecem ao evento sem a intenção de acessar os palcos, não resistem às apresentações dos artistas caracterizados de palhaços.

“Adorei vir hoje para passear com meu filho e meu marido e encontrar esse show bem no meio da praça. Os palhaços são muito animados e cativam a gente de longe”, destaca Valdeci Ferreira, que estava com o filho de 5 anos.

Anilton Santos, o palhaço Puxa-Puxa, é diretor da Associação de Artistas Circenses do Amazonas (AACA), presente pela segunda vez no festival.

“A AACA foi convidada mais uma vez para participar do #SouManaus e estamos com nossos artistas divididos nos três dias fazendo a alegria de toda a criançada. A participação aqui, no palco do Circo é gratuita. Tem perna de pau, palhaço, mágico e muita coisa legal para as crianças e famílias se divertirem”.

De acordo com Wallace Roberto, diretor de Cultura da Manauscult, o #SouManaus conta com um total de 47 artistas circenses este ano, sendo 35 da palhaçaria.

Para Marcos Efraim, o palhaço Felpudo, o evento é importante pela oportunidade que os artistas locais recebem.

“O festival é muito grande e tem muita visibilidade. O #SouManaus é uma grande janela, muitos artistas são vistos nele e este ano temos mais artistas circenses participando do que no ano passado”.

Além da programação de circo, o #SouManaus Passo a Paço 2023 também traz apresentações de dança, teatro e stand up durante os três dias, reunindo mais de 600 artistas locais.

— — —

Texto – Nendra Sued / Semcom
Fotos – Antonio Pereira / Casa Civil