Encontro literário marca encerramento da exposição da obra do poeta Luiz Bacellar no #SouManaus

Encontro literário marca encerramento da exposição da obra do poeta Luiz Bacellar no #SouManaus

O último dia da exposição sobre a vida e a obra do poeta Luiz Bacellar foi marcado por um bate-papo com especialistas, escritores, estudantes e leitores, nesta terça-feira, 6/9, no Palácio Rio Branco, praça Dom Pedro II, centro histórico da cidade.

O evento é uma realização da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e o Conselho Municipal de Cultura (Concultura), como parte da programação de encerramento do maior festival de artes integradas da região Norte do país, o #SouManaus Passo a Paço 2022, da Prefeitura de Manaus.

A mesa de bate-papo reuniu pesquisadores, amigos e admiradores da obra de Bacellar, com mediação do coordenador de Cultura do Concultura, Carlos Guedelha, e os debatedores convidados: Marco Frederico Krüger e o poeta Elson Farias.

Os vários aspectos técnicos e histórias peculiares da obra e vida de Bacellar foram abordados por Farias e Krüger. “O humor fino e astuto de Bacellar era uma de suas características pessoais mais marcantes”, revelou Krüger. “Além da qualidade de seus poemas que o coloca como um dos luminares de nossa literatura”, afirmou.

O presidente do Concultura, Tenório Telles, fez o encerramento do encontro literário, ressaltando as presenças das várias gerações de literatos presentes, como os escritores Elson Farias, Frederico Krüger, Renan Freitas Pinto, Telles e Zemaria Pinto. “Eu e Zemaria somos herdeiros e professores difusores dessa linhagem da fértil literatura que se produz no Amazonas, especialmente dos mestres aqui presentes”, reverenciou. Tenório Telles informou que a exposição de Bacellar vai circular pelas escolas públicas de Manaus e repartições da prefeitura.

As alunas de mestrado em Literatura e Língua Portuguesa da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Cynthia Almeida, Vitória Carvalho e Patrícia Borges, declamaram o poema “Balada da Rua da Conceição”, do livro Frauta de Barro, de Bacellar.

Balanço

Nos quatro dias de visitação, foram registradas mais de 8 mil pessoas.  A grande exposição “Vida e Obra do Poeta Luiz Bacellar” ficou aberta ao público desde o dia 3 de setembro, abertura do #SouManaus Passo a Paço, das 16h às 22h. Durante a programação, o público teve a oportunidade de conhecer os poemas, os livros e os quadros de artistas contemporâneos, fundadores do Clube da Madrugada.

A presença da literatura, representada na homenagem ao poeta Luiz Bacellar, é um marco nesta edição do #Sou Manaus – Passo a Paço 2022. Foi uma iniciativa marcante com a presença expressiva de público interessado em poesia.


Texto e fotos – Cristóvão Nonato/Concultura
Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjA63Xb