Porto de Manaus recebe requalificação viária para realização do ‘#SouManaus Passo a Paço 2023’

O entorno do porto de Manaus, no Centro, passa por serviços de requalificação viária para receber as 500 mil pessoas estimadas para participar do festival “#SouManaus Passo a Paço 2023”, que acontece nos dias 5, 6 e 7 de setembro. A Prefeitura de Manaus, via Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), trabalha na recuperação asfáltica aplicando 40 toneladas de massa no porto e nas ruas Tamandaré e Visconde de Mauá e na travessa Vivaldo Lima, que ficam no entorno.

Na tarde desta terça-feira, 22/8, as equipes se concentram na área onde será instalado o palco Malcher, o principal do festival, nas dependências da área portuária. O corpo técnico da pasta junto de representantes do Centro de Cooperação da Cidade (CCC) realizam a vistoria da obra.

“Alegria em poder cumprir a determinação do prefeito David Almeida no maior evento cultural do Norte do país, que é o ‘#SouManaus’, com a requalificação do espaço. O festival, que foi um grande sucesso no ano passado, com certeza será muito maior esse ano. A Seminf contribui com a recuperação viária do local”, afirma Renato Junior, secretário de Obras.

Uma equipe, composta por 30 trabalhadores, com o auxílio de retroescavadeira, caçambas e rolo compactador, intensifica os serviços de recuperação das vias e está aplicando, nesta primeira fase, 40 toneladas de massa asfáltica de forma gradativa.

Plano de Ações Integradas

Acompanhando o corpo técnico da Seminf nas vistorias dos trabalhos, o superintendente do CCC, Sandro Diz, destacou que as requalificações na infraestrutura em todo o perímetro do festival contribuem para o bem-estar social e o divertimento da população que espera o ano todo para viver esse momento de enaltecimento da cultura local.

“Nossa preocupação maior é que não falte segurança nem infraestrutura urbana para que a população possa vir e curtir sem problema algum. As secretarias municipais, como a Seminf e a Manauscult, trabalham em prol disso. Ano passado foi um show, esse ano será tão bom, ou até maior, do que no ano passado. Lembrando, a ideia é mostrar Manaus como uma cidade que exporta cultura. Nós sabemos que, em relação a isso, a nossa capital é a melhor cidade do Norte do país”, afirma o superintendente do CCC.

— — —

Texto – Valesca Martins / Seminf e Samira El kebbe / CCC
Fotos – Márcio Melo / Seminf
Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjARZcN