Prefeitura de Manaus divulga mais 12 artistas locais para o #SouManaus Passo a Paço 2023

Prefeitura de Manaus divulga mais 12 artistas locais para o #SouManaus Passo a Paço 2023

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura,Turismo e Eventos (Manauscult), divulga, nesta sexta-feira, 21/7, mais 12 artistas locais para o “#SouManaus Passo a Paço 2023”, que acontece nos dias 5, 6 e 7 de setembro, no centro histórico da capital amazonense.

Strangers Hard Rock, CIA de Teatro Metamorfose, Grupo Teu, Casa da Comédia Manauara, Leandro Leite, Alexa Ingrid, Lobão do Grafite, Artigo 5, Anna Suav, Kelton Piloto, Mestre Canela e Djuena Tikuna são as 12 atuais atrações confirmadas.


Nos últimos três dias, por meio de lives no Instagram da Manauscult, foram contemplados artistas e grupos de música, companhias de teatro e dança, artistas da comédia, infantil e capoeira. Até agosto, mais de 600 trabalhadores da cultura serão confirmados no line-up do festival.

O diretor-presidente da Manauscult, Osvaldo Cardoso, comentou sobre a diversidade e a pluralidade de artistas locais, bem como, a valorização da região e da cultura nortista.


“O #SouManaus é o segundo maior festival de artes integradas do país. Precisamos valorizar a nossa cultura, os nossos artistas e a nossa ancestralidade. Conforme orienta sempre o prefeito David Almeida, é necessário contemplar a pluralidade e diversidade da nossa região, que vai do artista religioso ao artista queer”, comenta Osvaldo.

Na live da última quinta-feira, 20/7, a última artista confirmada foi a cantora e compositora Djuena Tikuna, uma das maiores referências em música indígena do País. Durante a transmissão ao vivo, Djuena agradeceu falou sobre sua arte ser um ato de resistência dos povos originários.

“Poder cantar no #SouManaus, ecoar minha voz de luta, de resistência, mostrar a diversidade da luta indígena através da música, é uma resistência. Em nome do povo que eu pertenço, que é o povo Tikuna, do Estado do Amazonas, obrigada pela oportunidade de ecoar nossa luta”, disse Djuena.


Outra artista confirmada é Anna Suav, do estilo RAP e R&B brasileiro. Anna aborda em seus versos temas sobre gênero e negritude, além da afetividade e espiritualidade a partir da perspectiva de ancestralidade afro-amazônida. A rapper já passou pelos palcos físicos e virtuais de festivais como o Se Rasgum (PA, 2019), Felino Preta (SP, 2020) e Latinidades (2020).


Na dança, a Cia Artigo 5 vem preparando um show de muitos ritmos e diferentes estilos. Já na comédia, a Casa da Comédia Manauara e o comediante Leandro Leite são os responsáveis pelas risadas no festival.

— — —

Texto – Guilherme Torres / Manauscult
Foto – Divulgação / Semcom