Prefeitura de Manaus trabalha em parcerias para consolidar o turismo religioso na cidade

Prefeitura de Manaus trabalha em parcerias para consolidar o turismo religioso na cidade

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), trabalha a criação do roteiro religioso, a fim de preparar a capital da Amazônia para receber os turistas atraídos pelos principais templos religiosos situados no centro histórico da cidade. O investimento no patrimônio cultural visa consolidar o turismo religioso na cidade em 2024.

Nesse sentido, na quarta-feira, 31/1, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) Amazonas e a Arquidiocese de Manaus assinaram a ordem de serviço para reforma de igrejas históricas de Manaus, por meio de projetos desenvolvidos pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), órgão municipal que também está envolvido no processo de implementação do turismo religioso.

O diretor-presidente da Manauscult, Reginei Rodrigues, ratifica o trabalho entre as pastas da Prefeitura de Manaus, na criação de estratégias que tornem a capital amazonense em um dos principais polos turísticos do Norte do país. “Nossa cidade tem potencial para atrair o mundo inteiro com suas peculiaridades, desde a nossa gastronomia, que além de riquíssima, é única; nossos cartões-postais, o nosso povo, que é naturalmente muito acolhedor, e, agora, os nossos templos religiosos que passam por um trabalho altamente técnico, desde o início da gestão David Almeida, para se tornarem potenciais atrativos turísticos. O trabalho, que é feito a quatro mãos, mostra o dinamismo da prefeitura para criar novas estratégias que fomentem o turismo na nossa cidade”, destacou Rodrigues.

O turismo religioso movimenta aproximadamente 340 milhões de turistas de todo o mundo, que buscam viver experiências espirituais e religiosas. Dessa forma, os templos históricos e suas riquezas arquitetônicas que carregam toda uma diversidade cultural, são alguns dos principais geradores de fluxo turístico.

A vice-presidente da Manauscult, Oreni Braga, destaca o trabalho da gestão municipal para promover Manaus a partir do turismo religioso. “A cidade de Manaus tem quatro grandes tesouros no centro histórico, a Igreja da Matriz, a Igreja dos Remédios, Igreja da Nossa Senhora Aparecida e o Templo de São Sebastião. Essas igrejas têm história, arquitetura e atrativos que podem se tornar roteiro estratégico para Manaus, dentro da leitura que o prefeito David Almeida vem fazendo em relação ao ‘Nosso Centro’, do centro histórico, à revitalização e ao repovoamento dessa área”, explicou Braga, que ainda reforça a importância de trabalhar parcerias que ajudem na consolidação da iniciativa.

“Desde 2021, estamos em parceria com o Senac, com a Câmara Municipal, Abav (Associação Brasileira de Agências de Viagens), vários parceiros do trade turístico, alguns hoteleiros, trabalhando esse roteiro para se tornar realidade no nosso centro histórico. Essas igrejas foram visitadas por toda nossa equipe técnica, então fizemos um plano de ação, em que consta o diagnóstico dessas igrejas, o que precisa para se tornar um templo de visitação adequado com segurança, a implementação ou não de museus dentro dos templos, lojas de souvenirs, oferta de serviços atrelados às igrejas com guiamento local”, destacou.

Com o cenário diagnosticado, a Prefeitura de Manaus, junto aos entes parceiros, tomou as providências necessárias e elaborou o plano estratégico junto a Pastoral da Igreja Católica e os padres que respondem pelas igrejas que farão parte do roteiro. “O roteiro está pronto, nós já capacitamos 50 pessoas para atuarem como guias de turismo e condutores locais, entre eles também alguns venezuelanos. Agora, nós estamos preparando o material promocional desse roteiro para ser divulgado nas sete feiras nacionais de turismo que participaremos em 2024”, comentou Braga.

Neste ano, o material promocional da cidade de Manaus a ser divulgado nas feiras nacionais, que já conta com nossos principais cartões-postais, gastronomia regional, as programações que compõem o turismo de aventura como o Manaus Adventure, e os eventos que são marcas da capital da Amazônia, como o Festival Folclórico do Amazonas e o #SouManaus, contará também com a inclusão do roteiro religioso, em que as igrejas localizadas no Centro Histórico de Manaus serão parte estratégica para consolidar o fluxo de visitação turística nesses templos.

Oreni conclui com o trabalho integrado entre os órgãos da gestão municipal,  destacando as ações do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu) na intensa busca em promover melhor fluidez na circulação nas ruas, a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), com a limpeza dos espaços que fazem parte do perímetro do roteiro, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) no suporte à parte estrutural das ruas, a Guarda Municipal atuando para a segurança no centro histórico, além do apoio do Iphan e outros órgãos.

— — —

Texto – Oliveira Junior / Manauscult
Fotos –  Divulgação