Prefeitura destaca espaços de gastronomia e empreendedorismo durante programação do #SouManaus

Prefeito David Almeida destaca espaços de gastronomia e empreendedorismo durante programação do #SouManaus

Experiências gastronômicas proporcionadas por profissionais locais e chefs renomados, tem sido destaque no maior festival de artes integradas do Norte do país, o #SouManaus Passo a Paço 2022.

Durante a terceira noite do evento, o prefeito de Manaus, David Almeida, destacou que, além de apresentações artísticas e atividades culturais, a programação do festival fomenta o empreendedorismo por meio das feiras de economia criativa: de Artesanato, e do Paço, em parceria com o Instituto Amazônia, e de gastronomia, que contam com food-trucksfood-bikes e comida de rua.

“Atividade informal e empreendedores individuais estão sendo contemplados. São mais de três mil e quinhentos empreendedores, essa é a realidade, a atividade comercial está aquecida, barraquinhas de lanche vendendo tudo, acabando tudo, e é isso que nós queremos.

Manaus foi a cidade que mais sofreu no período da pandemia, nós queremos deixar isso para trás, resgatar a autoestima da nossa cidade, do nosso povo, agora nossa projeção é de um futuro bem melhor, de grandes realizações”, disse Almeida.

Na feira gastronômica que pode ser encontrada ao lado do palco Coreto, localizado na praça Dom Pedro II, o público encontra um verdadeiro festival de massas, sanduíches, carnes, diferentes pratos regionais como tacacá e tambaqui, além dos mais variados doces, em quase 30 tendas instaladas.

O chef Cláudio Procópio, da Taberna do Chef Procópio, fez questão de agradecer o espaço do #SouManaus para a gastronomia desde o primeiro dia de evento.

“Estamos muito felizes, desde a primeira noite está sendo um sucesso, estamos vendendo tudo, estamos tendo um apoio incrível, todos preocupados com nós permissionários e chefs, estamos muito felizes porque está gerando economia.

Pela primeira vez um evento como esse tem uma abertura com gastronomia, isso é uma valorização para nós”, pontuou Procópio.

Durante os quatro dias de programação, os pratos de comida, salgados e doces vendidos na “Praça de Alimentação da Gastronomia Criativa” serão comercializados com valor mínimo de R$ 8 e máximo de R$ 15.


Texto – Beathriz Torres / Semcom
Fotos – Ruan Souza / Semcom
Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjA5XAg