#SouManaus Passo a Paço 2023 abre espaço para diferentes manifestações culturais

#SouManaus Passo a Paço 2023 abre espaço para diferentes manifestações culturais

O “#SouManaus Passo a Paço 2023”, evento promovido pela Prefeitura de Manaus na área central da cidade, se consolida como o maior festival de artes integradas da região Norte. A valorização das diferentes manifestações culturais já é marca registrada do evento, que abre espaço para artesãos das mais variadas identidades culturais.

Na rua Bernardo Ramos, tradicional pela conservação do patrimônio arquitetônico do centro histórico de Manaus, a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), organizadora do #SouManaus, criou espaço para uma feira de artesanato, na qual é possível encontrar trabalhos que representam uma grande diversidade artística.

O grupo Mulheres de Axé,  formado por representantes de povos e comunidades de terreiro, trouxe para a feira banhos, pinturas, arte em tecido, perfumes e ervas. A presidente do grupo, Jéssica Hermes Felipe, destacou a iniciativa da prefeitura. “Os artesãos são pessoas que não têm um lugar específico para trabalhar. A oportunidade de estar em um evento do alcance do #SouManaus é importantíssima, porque a gente ganha visibilidade e tem contato com um público muito grande”, disse.

Os artesãos da Nação Mestiça estão expondo produtos como biscoitos caseiros, bijouterias e acessórios para cabelos. Helderli Fideliz Castro, presidente do grupo, elogiou a organização e agradeceu a oportunidade de poder participar. “Estamos muito agradecidos ao prefeito David Almeida, que tem sensibilidade para enxergar o trabalho de pessoas humildes como os nossos artesãos, proporcionando essa visibilidade a nós”, comentou.

O mesmo sentimento foi compartilhado pela presidente da Associação Mulheres Amazonenses nas Comunidades (Amac), Idenilde Matos da Silva, que pela primeira vez participa do “#SouManaus Passo a Passo”. “Nossa associação está completando um ano de existência oficial. Trabalhamos com mulheres de baixa renda, que precisam complementar o orçamento familiar. Temos 45 artesãs que sonhavam em poder participar desse grande evento. Esse espaço, que foi cedido para nós, foi a coisa mais maravilhosa que poderia nos acontecer. Só temos a agradecer”, completou.

Este ano, o #SouManaus conta com cerca de 600 trabalhadores da cultura, dos quais 75 são artesãos.

— — —

Texto – Sandra Monteiro e Sidney William / Semcom 
Fotos – Thelson Souza / Semcom
Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHBqjATDDL