‘#SouManaus Passo a Paço 2023’ oferece diversão para todos os gostos

‘#SouManaus Passo a Paço 2023’ oferece diversão para todos os gostos

Entrando no segundo dia de programação nesta quarta-feira, 6/9, o “#SouManaus Passo a Paço 2023”, promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), se consagra como o maior festival de artes integradas da região Norte, não só pela organização, mas por toda a variedade de diversão oferecidas, de forma gratuita, à população. Durante os três dias do evento, a área central da cidade se transforma em um “caldeirão cultural” que ferve com opções para todos os gostos.

Para além de um festival musical, com atrações locais, nacionais e internacional, o #SouManaus assegura diversão para toda a família – de crianças a adultos -, em um espaço de mais de 44 mil metros quadrados, com dez áreas de ocupação, com conforto e segurança.

“Esse é o terceiro ano que venho ao #SouManaus e estou impressionado com a organização. Os serviços estão bem distribuídos, temos segurança e podemos aproveitar tudo o que o festival oferece de graça. A cada ano, fica melhor”, comentou o funcionário público Ângelo Rodrigues, que estava acompanhado por amigas.

O complexo #SouManaus foi estrategicamente organizado de modo a proporcionar aos visitantes a melhor experiência. Na área de gastronomia, são 200 manipuladores de alimentos distribuídos pela praça de alimentação e Feira da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), com produtos de qualidade, com preços acessíveis.

“Estou achando a praça de alimentação muito bem organizada, com muitas variedades, que a gente fica em dúvida sobre o que escolher entre tantas coisas gostosas. Também estou muito empolgada, esperando os shows da noite, principalmente a Marina Sena, de quem sou muito fã”, disse a comerciante Luanne Serra.

Para o comerciante Giovanni Oliveira, do ramo de gastronomia, que pela primeira vez participa do #SouManaus, a experiência está sendo compensadora. “Está sendo exatamente como nós esperávamos. Vendas boas, um público expressivo e bonito. A organização está ótima e a infraestrutura, excelente”, elogiou.

O espaço abriga, ainda, feira de artesanato, brechó e áreas para segmentos artísticos como a dança, teatro, literatura, arte visual, circo, cultura urbana com hip hop, B-Boys, grafiteiros, rappers, DJs, slackline, skatistas, entre outras manifestações culturais.

— — —

Texto – Sandra Monteiro / Semcom
Fotos – Thelson Souza / Semcom